terça-feira, janeiro 23

Phil Campbell And The Bastard Sons: ‘Velho rock; novos ares; a competência de sempre’.

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: divulgação

Por Matheus Vieira

Phil Campbell, o lendário guitarrista do Motörhead, está com força total. Ufa, afinal, não há maneira melhor para superar a morte do amigo Lemmy do que esta: continuar tocando rock ´n´ roll.

Para tal, ele se juntou aos seus filhos Todd, Dane e Tyla, além do vocalista Neil starr e criou, assim, uma nova banda, batizada apenas por ‘Phil Campbell And The Bastard Sons’.

Dessa união surgiu o primeiro registro, um EP com apenas cinco músicas. Produzido por Todd Campbell em seus próprios Stompbox Studios, no País de Gales, e com o auxílio do produtor de Motörhead, Cameron Webb, o material apresenta sons empolgantes, simples e pincelados por um bom gosto único, oriundo da energia peculiar do hard rock.

‘Big Mouth’ abre o registro em um clima bem dançante. Depois temos a melhor de todos, ‘Spiders’, com seu groove peculiar que lembra, em algumas situações, Black Sabbath. Por fim, vale citar ‘No Turning Back’, que aparece para saciar os fãs de Motörhead. Mas seu refrão melódico a deixa bem interessante.

Elogiar Campbell é chover no molhado. E vamos dizer que suas crias mandam também muito bem. Ah, vale destacar a performance do vocalista Neil Starr: timbre muito legal em melodias criativas. Por fim, você termina a audição do material com apenas um sentimento: ansiedade. Ansiedade para ouvir o disco completo.

Phil Campbell, ao meio. (Foto: divulgação)

Nota: 8.5
Gravadora: Motorhead Music

Músicas:
01.Big Mouth
02.Spiders
03. Take Aim
04. No Turning Back
05. Life In Space

Formação:
Neil Starr (Voz)
Phil Campbell (guitarra)
Todd Campbell (guitarra)
Dane Campbell (baixo)
Tyla Campbell (bateria)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe

Sobre o Autor

Pai do lindo Nicholas, Vieira é jornalista (com diploma - MTB 67923/SP) e acumula anos de experiência em redações de jornais e revistas. Colecionador de CD´s de rock e metal, também é apaixonado por cinema e arte de maneira geral. Foi diretor do extinto Portal Novo Metal e colaborador dos sites Whiplash e Portal do Inferno. Escreveu matérias para a Roadie Crew e Valhalla. Na rádio Uniara FM 100.1, foi um dos fundadores do programa Black Dog, há 5 anos. Agora, as ondas do rádio ganharam novos contornos. E foram para a internet. Ao seu lado, o amigo Carlos Oliveira.

Comments are closed.