terça-feira, janeiro 23

King Bird: ‘Quando algo é bem feito, não importa o estilo, a qualidade sempre vai se sobrepor’.

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em sentido horário: Fábio César, Ton Cremon, Silvio Lopes e Marcelo Ladwig. Foto: divulgação

O Brasil também é um celeiro de ótimas bandas de hard rock ou mesmo rock clássico. E, com certeza, lá no topo, com a medalha de ouro, está a paulistana King Bird, que também abre seu leque para elementos do southern rock. Alvo de uma chuva de comentários positivos, o novo álbum dos caras, ‘Got Newz’, o terceiro da carreira, é um dos responsáveis por este grande momento que a banda vive. Digo um dos porque a entrada do vocalista e guitarrista Ton Cremon parece ter fechado o pacote com chave de ouro. E é justamente com ele que conversamos sobre a carreira da King Bird. Boa leitura.

Por Matheus Vieira

Portal Black Dog – O novo disco da King Bird, “Got Newz”, foi apontado entre os melhores de 2016 em diversas mídias daqui e do exterior e ainda recebeu o ‘Akademia Award’, de Los Angeles (EUA), em março, como ‘Melhor Álbum de Rock’. Ton, este é o melhor momento da carreira da banda?

Ton Cremon – Olá, Matheus e a toda a galera do portal Black Dog! Acredito que sim, pelo tempo de estrada e pela experiência adquirida nos outros álbuns da banda. O reconhecimento de ‘Got Newz’ foi uma boa surpresa e com certeza nos colocam num bom momento no cenário nacional e começa a nos dar também um maior destaque internacional.

Portal Black Dog -Você acha que sua entrada contribuiu para que a banda crescesse de maneira tão significativa. A relação com João Luiz ainda é excelente, certo?

Ton – Eu acredito que a banda já estava num patamar bem elevado quando eu entrei, mas é claro que um membro novo acaba dando uma injeção de ânimo em todo mundo. Ouvi toda a discografia da King Bird até então e, quando comecei a gravar as primeiras músicas, pensei: “Tem algo a mais nesse som! Isso é puro Hard Rock. E eu gosto muito disso!” Eu acho que se encaixou muito bem no meu estilo de cantar. Quanto ao João Luiz, sim, a relação ainda é boa!

Foto: divulgação

Portal Black Dog -Depois desse prêmio, o Tio Sam entra no roteiro de vocês? Aliás, como estão os shows pelo País. Lembro que vocês começaram a turnê em nossa cidade natal, Araraquara, com um show no festival local Araraquara Rock.

Ton – Aliás, fizemos um dos melhores shows da tour em Araraquara! Foi muito legal termos aberto a turnê com o Araraquara Rock! O prêmio também foi uma surpresa muitíssimo agradável e bem vinda! Estamos em contato com produtores do exterior para ver se “agora vai”, mas acredito que, por hora, é importante focarmos nos festivais aqui no Brasil. Mesmo porquê não sabemos o dia de amanhã. Se pintar algo no exterior, não seria nada mal, é claro! (risos)

Portal Black Dog – Sou um profundo conhecedor da discografia da King Bird e confesso que fiquei chocado com os detalhes de “Got Newz”: da timbragem até a produção. A julgar que “Sunshine” saiu em 2008, posso pensar que CD teve cada passo pensado com muito carinho?

Ton – Em primeiro lugar, muito obrigado pela honra de tê-lo como um conhecedor da trajetória da banda. E sim, acredito que por conta da experiência de todos da banda com os outros discos e o tempo entre um lançamento e outro, talvez tivemos mais “cuidados” com os detalhes, lembro que a primeira vez que ouvi as músicas do ‘Got Newz’, gostei de tudo logo de cara! E quando ouvi a ‘Daybreak’ pronta, que foi a primeira que lançamos, eu também fiquei chocado!

Disco é o terceiro da carreira. Foto: divulgação

Portal Black Dog – Planejamento é sempre a chave de tudo.
Ton – Tudo foi feito, realmente, com muito cuidado e carinho e destaco aqui também o excelente trabalho feito (em conjunto com a banda) com o produtor Henrique Canale. Ele foi o quinto elemento decisivo para alcançarmos a qualidade que estávamos buscando.

Portal Black Dog – Sei que muitas bandas de hard rock estão na ativa no País, porém o metal extremo é ainda o estilo que mais aparece na mídia especializada. Mas o legal que a King Bird também agrada esse público, certo?

Ton – Por incrível que pareça, sim! Digo isso por termos amizade com uma galera da cena do metal mais extremo, death, thrash etc. E o disco foi muito bem aceito por todos. Acredito que quando algo é bem feito, não importa o estilo, a qualidade sempre vai se sobrepor! E no fim das contas, o rock fala mais alto na alma de todos, não importando o estilo…

Portal Black Dog – Existem planos para um disco novo? Há algum projeto na manga?
Ton – Os planos existem, sim. Claro que estamos num processo de divulgação do ‘Got Newz’ e que pode durar um bom tempo, até porquê estamos no Brasil e aqui, quando se trata de rock, o trabalho tem que ser no mínimo dobrado, porém estamos planejando shows e eventos para esse ano. Quem sabe um DVD ao vivo? (risos)

Portal Black Dog – Legal, Tom. Muito obrigado.
Ton – Agradeço mais uma vez pela oportunidade de falar com a galera do Portal Black Dog e poder trazer um pouco dessa minha experiência de ter feito um trabalho tão bom! Estaremos sempre à disposição. No nosso site, as pessoas sempre encontram novidades, produtos da banda e links para nos seguir nas redes sociais! Um grande abraço.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe

Sobre o Autor

Pai do lindo Nicholas, Vieira é jornalista (com diploma - MTB 67923/SP) e acumula anos de experiência em redações de jornais e revistas. Colecionador de CD´s de rock e metal, também é apaixonado por cinema e arte de maneira geral. Foi diretor do extinto Portal Novo Metal e colaborador dos sites Whiplash e Portal do Inferno. Escreveu matérias para a Roadie Crew e Valhalla. Na rádio Uniara FM 100.1, foi um dos fundadores do programa Black Dog, há 5 anos. Agora, as ondas do rádio ganharam novos contornos. E foram para a internet. Ao seu lado, o amigo Carlos Oliveira.

Comments are closed.