segunda-feira, dezembro 11

‘Julieta’: De volta ao drama, ‘Almodóvar’ dialoga com as massas com trama recheada de segredos.

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: reprodução

Por Matheus Vieira

Em ‘Julieta’ (2016), temos um Almodóvar para as massas, dialogando de maneira simples e direta, mesmo com um roteiro cheio de segredos e curiosidades, que abusa (no bom sentido) da poesia para narrar uma história de perdas e arrependimentos. Entre as várias lições, talvez destaco algo como “a vida não responde na hora que a gente quer”.

Baseada em contos de uma autora canadense chamada Alice Munro, a trama nos apresenta Julieta (Emma Suárez/Adriana Ugarte), uma mulher de meia idade que está prestes a se mudar de Madri para Portugal, para acompanhar seu namorado Lorenzo (Dario Grandinetti).

Porém, um encontro fortuito na rua com Beatriz (Michelle Jenner), uma antiga amiga de sua filha Antía (Blanca Parés), faz com que Julieta repentinamente desista da mudança. Ela resolve voltar ao antigo prédio em que vivia, também em Madri, e lá começa a lidar com fantasmas do passado.

Vale dizer que a película marca o retorno do diretor ao gênero de drama com uma mulher imponente como protagonista, fato muito comum em sua filmografia. A última vez em que produziu algo semelhante foi em ‘Volver’ (2006), estrelado por Penélope Cruz.

Nota: 8.5

Ficha técnica no IMDB (clique aqui).

Foto: reproduçãoFoto: reproduçãoFoto: reprodução

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe

Sobre o Autor

Pai do lindo Nicholas, Vieira é jornalista (com diploma - MTB 67923/SP) e acumula anos de experiência em redações de jornais e revistas. Colecionador de CD´s de rock e metal, também é apaixonado por cinema e arte de maneira geral. Foi diretor do extinto Portal Novo Metal e colaborador dos sites Whiplash e Portal do Inferno. Escreveu matérias para a Roadie Crew e Valhalla. Na rádio Uniara FM 100.1, foi um dos fundadores do programa Black Dog, há 5 anos. Agora, as ondas do rádio ganharam novos contornos. E foram para a internet. Ao seu lado, o amigo Carlos Oliveira.

Comments are closed.