segunda-feira, dezembro 11

‘Better Watch Out’: Bonachão, violento, pervertido, irônico, engraçado, inteligente, doente, boca suja e recheado de mudanças no roteiro.

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: divulgação

Por Matheus Vieira

Muito legal. Bonachão, violento, pervertido, irônico, engraçado, inteligente, doente, boca suja e recheado de mudanças no roteiro. Parece filme espanhol, mas é americano. ‘Better Watch Out’ (ainda sem título em português), de 2016, aparece como uma grande surpresa do cinema indie. O longa, inclusive, foi selecionado dentro de mostras paralelas do Festival de Sundance.

Dosando muito bem o suspense ao humor, a trama é ambientada numa noite antes do Natal, na qual Deandra (Virginia Madsen) e Robert (Patrick Warburton) saem e deixam seu filho de 12 anos, Luke (Levi Miller), com a jovem babá Ashley (Olivia DeJonge), afinal a casa da família fica numa rua calma de subúrbio, num bairro considerado seguro.

O menino logo tenta conquistar o amor da babá até que eles se deparam com estranhos invadindo a casa. O acontecimento está longe de ser uma invasão de domicílio normal. Tudo isso com espaço para muito sangue. Não sou fã de produções sangrentas, mas aqui o contexto salva o uso em demasia. Dois pontos merecem ressalva: a maravilhosa atuação do jovem ator Levi Miller e a direção coesa e dinâmica de Chris Peckover. Assista.

Nota: 9.2

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe

Sobre o Autor

Pai do lindo Nicholas, Vieira é jornalista (com diploma - MTB 67923/SP) e acumula anos de experiência em redações de jornais e revistas. Colecionador de CD´s de rock e metal, também é apaixonado por cinema e arte de maneira geral. Foi diretor do extinto Portal Novo Metal e colaborador dos sites Whiplash e Portal do Inferno. Escreveu matérias para a Roadie Crew e Valhalla. Na rádio Uniara FM 100.1, foi um dos fundadores do programa Black Dog, há 5 anos. Agora, as ondas do rádio ganharam novos contornos. E foram para a internet. Ao seu lado, o amigo Carlos Oliveira.

Deixe um Comentário